20.1.10

Maringá ou Sarandi?

Hosted by imgur.com
A morte do servidor público municipal Fábio Kristhian Kois, 30, é o mais novo mistério da cena policial maringaense. A Polícia Civil ficou sabendo da sexta vítima de homicídio este ano na cidade por este modesto blog, ontem à noite, e consequentemente os setoristas não conseguiram da polícia detalhes concretos do ocorrido. O Diário, amanhã, publica que ele é o segundo homicídio de Sarandi, e diz que o crime aconteceu na rua Luiz Francalin Feitosa, no Jardim Ana Elisa - sem testemunha. Setoristas do rádio policial, no entanto, confirmam a informação passada por familiares: o corpo foi encontrado em Maringá.
A vítima, que trabalhava na Setran, residia no Conjunto Requião, e a divergência está no local exato em que ele foi encontrado, esfaqueado, no sábado. Segundo o repórter Salsicha, por exemplo, o corpo estava no Jardim América, em Maringá; familiares disseram, porém, que ele foi esfaqueado no Conjunto Guaiapó, mas também sem detalhes sobre a autoria.

(Foto: Blog do Salsicha)

5 pitacos:

Anônimo,  23:01  

Se os setoristas não conseguiram da polícia detalhes concretos do ocorrido, como puderam afirmar, com certeza, que o fato ocorreu em Maringá.

Angelo, o que tem de setorista de rádio dando notícia furada não tá no gibi. Cuidado!

Na ânsia de dar furo, acabam sendo furados.

Angelo Rigon 23:09  

No caso, ninguém deu informação 100% concreta. O blog, que deu a primeira notícia, recebeu-a de familiar e confirmou-a depois. Outros dois familiares (um tio e uma tia) reafirmaram. A surpresa da história foi a polícia não saber de nada.

Anônimo,  23:22  

Era só checar com o Samu, que atendeu a vítima, ou com a PM, que elaborou o boletim de ocorrência.

O documento da PM é claro: rua Luiz Francalin Feitosa, Jardim Ana Elisa.

A polícia de Maringá nada sabia porque o crime ocorreu em Sarandi.

Resumindo: creio que os setoristas de rádio comeram barriga indo atrás de fontes erradas e a família acreditou na primeira informação que chegou a ela.

Anônimo,  08:57  

Ainda bem que Maringá tem uma tapete para esconder o lixo (Sarandi). Morte por dengue de Maringá també pertence a Sarandi. Na dúcida, é de Sarandi.

Anônimo,  09:25  

O que um setorista?

Postar um comentário

Vê lá o que vai escrever! Evite agressão e preconceito. Eu não vou mais colocar xizinho; na dúvida, não libero o comentário.

  © Blogger templates 2008

Para cima