9.12.09

Morre o "Cadeia"

O ex-deputado estadual Luiz Carlos Alborghetti (DEM) faleceu agora à tarde, aos 64 anos, em Curitiba. Leia mais.
Pouco antes de ele se tornar deputado fiz uma reportagem de meia página sobre o então apresentador de televisão. Ele contava a história de que sempre que sentia fome e não tinha dinheiro procurava a casa da família de  Franklin Vieira da Silva, de O Diário. Em Maringá, o "Cadeia" apoiou a candidatura a vereador de Geraldo Irineu, que foi seu repórter.

7 pitacos:

guilherme 17:59  

Descanse em paz, Mestre Dalborga. Você foi um dos maiores paranaenses da história. Sempre lutando pelos nossos direitos, denunciando os canalhas, combatendo os moralistas, sempre a favor da família paranaense.

Um beijo na sua alma.

adilson martins,  19:30  

tive o prazer de trabalhar com o Alborguetti e aprendi muito com ele, principalmente a parte social qur ajudou muitas familias. Não só o Parana perde um grande homem, o Brasil perde tambem seu icone

Anônimo,  19:39  

Infelizmente quem fala o que pensa morre na M. Ele sem dúvida reinventou um estilo de fazer TV. pena que uns copiaram sua receita, colocaram uma pitada de politicagem, um punhado de mentira, muito 171 e fizeram o bolo crescer. Perdemos o original, agora só restaram as cópias baratas.

Flávio Mantovani

Franklin da Silva - O Diario / 1390kHz AM,  19:54  

Fiquei muito triste com o falecimento do meu grande amigo ALBORGUETTI. Tantas historias tivemos juntos, quando ele morava em Mandaguaçu e eu frequentava aquela sociedade. Era um amigào. Da primeira hora. Lamento profundamente. Franklin

Anônimo,  21:05  

Como ele mesmo dizia: "tá no bico do urubu"!

Anônimo,  09:42  

Caraca perdi meu ídolo.
Esse sim era o original.
Descanse em paz.

Serjão,  14:26  

"BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO"

descanse em paz Sr. "Cadeia" Alborguetti.

Postar um comentário

Vê lá o que vai escrever! Evite agressão e preconceito. Eu não vou mais colocar xizinho; na dúvida, não libero o comentário.

  © Blogger templates 2008

Para cima