23.11.09

Crueldade contra animais: até quando?

Quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem. Ontem, nas imediações do Jardim dos Pássaros, na avenida José Alves do Santos, um animal aparentando uns 50 anos, montado em um fusca verde, despejou um filhote de cachorro no meio fio da avenida e o cachorrinho todo alegrinho, achando que seu “dono” estava brincando com ele, voltou para frente do carro na esperança do homem pegá-lo de volta e o monstro esperou o cachorro entrar na frente do carro e passou por cima do pobrezinho. O cachorrinho saiu descadeirado e se arrastando até um terreno vazio. Eu estava passando de carro e fiquei muito nervosa com a situação e não consegui pegar a placa do veículo e ao gritar pela janela do carro para o monstro por que ele fez isso ele simplesmente deu gargalhadas debochadamente. Meu marido não me deixou parar e pegar o cachorrinho. Eu apelo pra alguém da região ao encontrar esse bichinho que cuide dele por favor ou entre em contato comigo através do http://caonectado.blogspot.com. E que Deus mude o coração dos homens, pois somente Ele pode mudar esse mundo!

Renatha Visintini

16 pitacos:

Anônimo,  13:48  

só de ler já passei mal com a crueldade desse ser, pq nem podemos chama-lo de humano, pq esse "bicho" autointitulado "dono" deveria ser punido nas mais rigidas leis, infelizmente ficamos mtas vezes de mãos atadas.. esses dias no parque do ingá, caminhando, um carro em altissima velocidade atropelou um cão que costuma ficar ali no parque, ele bateu na parte de trás do corpinho do cão, é claro, eu peguei o bichinho e prestei todos os cuidados, graças ao nosso bom Deus, foi mais um susto, pois ele nao sofreu nada grave, não consegui ano0tar a placa, mas a justiça divina não falha...q Deus tenha misericordia dessas pessoas que fazem tanta maldade a esses seres tão indefesos, a população de maringá é hpócrita demais, na hora que vê alguém fazendoo mal pra um cachorro, dizem: " ó, vamos ajudar ele tadinho, ", mas ninguem toma atitude, ninguem peita e vai prestar cuidados pro animal,ficam olhando, mas atitude é o q falta ao povo dessa cidade, fácil olhar o sofrimento e achar q alguém pode ajudar, mas pq não arregaça as mangas e ajuda, custa caro? sim, custa. Mas qdo dinheiro gastamos com tantas outras coisas supérfluas? Pq não ajudar um ser vivo?! Fica aqui minha indignação de ler uma noticias dessas e nao poder fazer nada. Se eu tivesse na hora com certeza, eu seguiria esse cara do fusca até o inferno e faria ele pagar por todos os crimes q ele cometeu,pq maus tratos é CRIME.

Anônimo,  14:01  

Não basta ter pena, tem que tomar atitude, pois se o seu marido não a deixou interferir, quem também precisa de intervenção é o casal, procure um marido parceiro, pra o que der e vier, não um machista bunda-mole que define suas atitudes e sempre pra pior. Tinha que ter pego a placa do carro e denunciado, filmado com celular, fotografado, ficar chorando não ajuda em nada.

CaoNectado 15:11  

Aos comentaristas anonimos, apesar de não haver necessidades de explicações, eu vou resumir somente um pouquinho da minha vida: trabalho 10 horas por dia no financeiro de uma empresa, 6 dias na semana, cuido de 10 cachorros divididos em duas casas, moro em apto e só lá tenho 4. Os vizinhos já vieram brigar comigo várias vezes, estou mudando de endereço por causa dos meus animais, não tenho diarista ou doméstica ou qualquer pessoa que me ajude fora o meu marido, todas as noites tenho que lavar a lavanderia onde eles dormem, tenho uma filha de 9 anos e acima de tudo ela é a minha prioridade, sou responsável por ela, por quem ela vai ser e quem eu vou deixar aqui neste mundo, meu marido é um ótimo marido, porem as prioridades dele são diferentes das minhas e são essas as diferenças que me faz ama-lo, a prioridade dele sou eu e minha filha. O correto seria ele querer trocar de esposa pois quando ele precisa de uma mulher ela tá atrás de um cachorro na rua. No carro ontem haviam 5 pessoas no momento do acontecido, dentre elas uma criança desesperada aos prantos após ter visto o evento, estavamos saindo pra um viagem. Eu amo os animais e tenho feito além dos meus limites possíveis por ele. Não sou financeiramente privilegiada. Já que vocês são exemplos de pessoas, peço que vocês me ajudem então a fazer mais por eles já que são pessoas tão empenhadas! Mostre me seus feitos e ajude-me a fazermos mais então! Estou esperando vocês, meus dados estão no blog ou envie-me um e-mail renatha.visintini@gmail.com .

Renatha

Anônimo,  15:22  

O Anonimo das 14:01 disse tudo...

Anônimo,  16:04  

concordo com o anonimo das 14;01

Anônimo,  16:22  

Concordo com o anonimo das 14:01. Quem ama não mede esforços para defender. Nem falo que a Renatha tinha que recolher e tratar o animal ferido, mas anotar a placa do carro do outro animal. No mínimo.

Max Steinbeck,  16:38  

Se VC tiver a placa do veículo (fusca verde do animal irracional) eu me proponho a providenciar representação criminal, e todas as providências cabíveis para puni-lo, principalmente para recuperá-lo e quem sabe um dia ele se torne ser humano... mas agora providências urgentes são necessárias para assitir o cãozinho, punir o cretino e tornar seu marido tão sensível quanto VC... Se alguém souber quem é o autor da crueldade nem precisa se identificar. Com as cautelas e sensatez esperadas, informe neste espaço.

Anônimo,  16:56  

Eu vou voltar ao local e procurar o carro. Com certeza mora na região. E da próxima vez eu empurro meu marido pra fora do carro, pego a direção e atropelo ele e vou atrás do infeliz que fizer crueldades. E eu continuo aguardando os e-mails dos empenhados para mudarmos a história dos animais de Maringá.

Renatha

Anônimo,  17:03  

Ficou tão indignada e não acudiu o bichino?

Anônimo,  17:21  

AS coisas se inverteram em tudo neste mundo mesmo...
Claro que ver um animal ser mal tratado é horrível mesmo...todas as pessoas de bem sentem mal.
Mas, e quantas crianças estão jogadas aí pela rua e não vemos essa mesma indignação...
Seres humanos vão para o Céu e vão ter vida eterna. Os animais por mais maravilhosos que sejam não tem vida eterna e nem vão para o Céu...
Então, quem é mais importante, um ser humano que sofre ou um animal? Claro que é o ser humano!
Mas o que vemos é pessoas todas indignadas com os problemas da natureza e alheios ao sofrimento humano e querendo distância de crianças e pedintes que estão na rua....

Anônimo,  21:36  

É impressionante como algumas pessoas perdem tempo simplesmente discutindo a mesma coisa e falando a mesma coisa...parece um "bate-boca de surdos-mudos". O pior, todos esxtão falando em "amor ao proximo" sem se dar conta que não adianta amar ao proximo, aos animais e numa frase vil colocar em derrota alguem que tem sentimentos tão nobres quanto os seus...O exercito de filhos de Deus precisa crescer e não se degladiar...

Anônimo,  12:39  

Minha amiga Renatha, não fique tão afetada com o meu texto, eu sei muito bem que ser mulher num lugar como esses é muito difícil, a gente é submissa mesmo aos nossos amáveis trogloditas que vivem dizendo o que devemos fazer e a gente com toda nossa indignação aceita tudo, acho que é esse modelo de família ultrapassado que nós não conseguimos abandonar, somos mesmo um misto de barbi e tia Anastácia, queremos mudar o mundo
mas estamos presas aos nossos medos. Renatha, vamos botar pra quebrar e fazer a revolução dos bichos, isso é, se nossos trogloditas deixarem!rsrsrsrsrsr! Um grande abraço.

Anônimo,  17:07  

a anonima 12:39 ta doida pra arrumar um marido troglodita, mas a tia anastacia que existe nela faz com q os togloditas fujam! kkkkkk

Anônimo,  20:15  

A tia Anastácia é a porção melhor que trago em mim agora.

Anônimo,  17:22  

E ESSE ANÔNIMO QUE TÁ FALANDO EM SERES HUMANOS QUE VÃO PRO CÉU, COM VIDA ETERNA E TUDO. ULTIMAMENTE TENHO PREFERIDO OS BICHINHOS SÃO MAIS HUMANOS E INTELIGENTES QUE MUITA "GENTE".

Anônimo,  10:18  

Eu tenho um cachorro que é mais inteligente que meu irmão, ora!

Postar um comentário

Vê lá o que vai escrever! Evite agressão e preconceito. Eu não vou mais colocar xizinho; na dúvida, não libero o comentário.

  © Blogger templates 2008

Para cima